Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos. A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

CATAA colabora na organização da mesa-redonda “Cardo - Inovar com os Recursos Naturais Endógenos”


20-07-2021

O Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-Alimentar do Alentejo (CEBAL) irá estar virtualmente em Castelo Branco para promover o Roadshow Tecnológico Nacional “Valorização Integrada do Cardo” com o tema: “DOP Castelo Branco em análise”. Esta é a quinta sessão d
e um programa itinerante lançado em colaboração com o
Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) e a Universidade de Évora (UÉvora). Nesta sessão, a valorização do Cardo na produção de queijo, a sua multifuncionalidade e o seu contributo para a inovação territorial serão o foco, numa sessão que terá como entidade dinamizadora a Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar de Castelo Branco (CATAA).

No dia 23 de julho ocorrerá o Roadshow Tecnológico para a “Valorização integrada do Cardo” – “DOP Castelo Branco em análise” em formato online. O Cardo (Cynara cardunculus) é uma planta com potencial para a extração de compostos e de biomassa com aplicação nas indústrias da alimentação, saúde, energia e materiais. Na alimentação, o extrato da flor pode ser usado na produção de queijo. Nesta sessão será abordada a utilização de diferentes agentes coagulantes na produção de queijo, com enfoque no extrato da flor de Cardo. Será ainda explorada a inovação territorial que advém da valorização de um recurso endógeno como o Cardo para a região de Castelo Branco.

Na primeira parte do programa, a oradora Anabela Vitória da Promolac Unipessoal Lda, irá explicar os diferentes agentes coagulantes existentes no mercado para a produção de diferentes variedades de queijo, as diferentes potencialidades dos mesmo e métodos de ação na promoção da coagulação do leite. Já a oradora Zulmira Lopes da Direção de Serviços de Alimentação e Veterinária da Região Norte (DSAVRN (DGAV)) irá falar sobre a experiência na produção de queijo de vaca utilizando o extrato da flor de Cardo como agente coagulante.

Na segunda parte, o evento contará com a habitual mesa-redonda, desta vez intitulada “Cardo - Inovar com os Recursos Naturais Endógenos”, que será dinamizada pela Associação Centro de Apoio Tecnológico Agro-Alimentar de Castelo Branco e terá como convidados produtores e queijeiros da região de Castelo Branco. Este será um debate sobre o papel do Cardo, um recurso endógeno, para a inovação no território, com enfoque na região de Castelo Branco, explorando a visão, desafios e mais-valias dos produtores e queijeiros da região na produção e utilização deste recurso. A mesa-redonda terá a participação de Cristina Miguel Pintado (técnica/investigadora do CATAA), Marco Catão Pereira (proprietário de uma queijaria artesanal), Paula Fazenda (proprietária de uma queijaria) e Anabela Paula (experiência no consumo de queijo de vaca produzido com cardo).

Esta sessão é aberta a todos os interessados e ocorrerá em formato online via videoconferência Zoom pelas 14h30 horas. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, até ao dia 22 de julho através do formulário.

O programa itinerante de Valorização do Cardo está inserido no projeto CynaraTeC financiado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo – Alentejo 2020, este é um projeto de transferência de conhecimento e tecnologia que pretende unir a investigação científica a diferentes setores industriais no apoio à valorização do Cardo.

Para mais informações consulte o site www.cebal.pt, a página de Facebook do CEBAL, ou contacte através do telefone 284 314 399.